Hillary abre vantagem para 11 pontos após divulgação de fala polêmica de Trump

Do UOL, em São Paaulo

A candidata democrata Hillary Clinton aumentou sua vantagem sobre Donald Trump para 11 pontos percentuais, segundo pesquisa divulgada nesta segunda-feira (10), realizada depois da divulgação de um vídeo polêmico do adversário republicano falando sobre mulheres.

Hillary conta com 46% nas intenções de voto, contra 35% de Trump, segundo pesquisa NBC/Wall Street Journal. A pesquisa tem margem de erro de 4,6 pontos percentuais e foi realizada entre 8 e 9 de outubro. Os outros dois candidatos, Gary Johnson, do Partido Libertário, e Jill Stein, do Partido Verde, receberam 9% e 2% de apoio, respectivamente.

É a primeira pesquisa realizada depois da divulgação do vídeo onde Trump diz que é possível fazer o que quiser com as mulheres "quando se é famoso". "Elas deixam você fazer qualquer coisa. Pegá-las da maneira como quiser. Pegá-las pela xoxota", afirmou o republicano. O vídeo é de 2005 e registra uma conversa com o apresentador Billy Bush.   

Trump ataca Hillary e Bill Clinton no segundo debate

A pesquisa revela ainda que 52% das pessoas consultadas (contra 42%) considera que o vídeo divulgado deve ser tema de campanha, enquanto que 41% acham que as declarações de Trump são "totalmente inaceitáveis".

No levantamento anterior feito pela "NBC", Hillary estava com os mesmos 46%, mas Trump tinha 41%. A pesquisa foi realizada entre os dias 8 e 9 de outubro, no calor da divulgação do vídeo do bilionário.   

Para se defender, o candidato declarou se tratar apenas de "papo de vestiário", mas ainda assim vem perdendo apoio entre os republicanos. As frases serviram de combustível para um agressivo debate entre Trump e Hillary no último domingo (9), no qual o bilionário acusou o ex-presidente Bill Clinton de assédio sexual contra várias mulheres. (Com agências internacionais)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos