Califórnia rejeita exigência de camisinha em filmes pornográficos

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

Os moradores do Estado da Califórnia, nos Estados Unidos, rejeitaram a exigência de camisinhas em filmes pornográficos. A votação foi feita em paralelo à eleição presidencial nesta terça-feira (8).

Por 53,04% dos votos, os californianos rejeitaram a proposição 60. Apenas cinco condados votaram a favor da medida, entre eles o de Los Angeles.

Desde 2012, a região de Los Angeles proibiu que filmes pornô fossem feitos sem o uso de camisinhas. Segundo porta-vozes da indústria, a medida derrubou a produções de filmes do gênero rodados na cidade.

"Estamos contra porque queremos proteger as pessoas que trabalham neste ramo de sofrerem assédio. Além do processo, os dados pessoais dos envolvidos se tornarão públicos, o que pode gerar perseguições, agressões e até risco de vida. O intuito [desse projeto] é quebrar as produtoras com pedidos de indenizações milionárias", afirmou o diretor Kenny Host, da Treasure Island Media, ao UOL.

O resultado contraria pesquisas que indicavam que a Prop 60 iria passar cerca de 63% de aprovação. Caso fosse aprovada, as produtores de pornô prometiam se mudar para o Estado de Nevada, onde boa parte dos filmes já é produzida.

Além dessa medida, a Califórnia também votou sobre a legalização da maconha. Em referendo, o uso recreativo da droga foi aprovado no Estado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos