Ataque a mesquita deixa seis mortos no Canadá

Do UOL, em São Paulo

  • Mathieu Belanger/Reuters

    Imprensa e pessoas de Quebec acompanham o atendimento às vítimas após ataque

    Imprensa e pessoas de Quebec acompanham o atendimento às vítimas após ataque

Seis pessoas morreram e ao menos oito ficaram feridas no ataque a uma mesquita do Quebec, no Canadá, na noite deste domingo (29), já na madrugada de segunda-feira (30) no Brasil. O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, está tratando o caso como um "ataque terrorista". 

Em comunicado oficial, o premiê condenou o ocorrido. "Enquanto as autoridades ainda estão investigando e os detalhes continuam sendo confirmados, é doloroso ver essa violência sem sentido. A diversidade é a nossa força, e a tolerância religiosa é um valor que nós, como canadenses, temos", disse.

Mais cedo, ele havia manifestado seu pesar às famílias das vítimas através do Twitter. "Hoje à noite, os canadenses sofrem pelos mortos em um ataque covarde em uma mesquita em Quebec. Meus pensamentos estão com as vítimas e suas famílias."

Cinco feridos teriam sido levados para o Hospital Universitário de Quebec e outros três para hospitais da região.

Duas pessoas foram presas e estão sob investigação como suspeitas de ter cometido o crime. Testemunhas disseram a um jornal local que os autores teriam sido três. Eles teriam invadido a mesquita durante as orações e aberto fogo. Um deles teria conseguido fugir.

Um dos suspeitos estaria carregando um rifle AK-47.

Cerca de 40 pessoas estavam no prédio durante o ataque. A mesquita fica no bairro Ste-Foy.

O ataque ocorre um dia depois de o governo canadense anunciar que oferecerá residência temporária aos indivíduos que ficaram 'presos' no Canadá após a decisão dos Estados Unidos de proibir a entrada de cidadãos de sete países de maioria muçulmana.

Mathieu Belanger/Reuters
Equipe policial atua nas proximidades da mesquita que sofreu o ataque em Quebec

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos