Este país quer rebocar um iceberg da Antártida para o Oriente Médio

  • Paul Nicklen/National Geographic

Os Emirados Árabes Unidos estão planejando rebocar icebergs da Antártida para resolver o seu problema de falta de água potável, anunciou nesta semana a empresa National Advisor Bureau Limited.

O projeto da empresa, com prazo para começar em 2018, prevê a transferência dos enormes blocos de gelo para a costa do emirado de Fujairah, percorrendo uma distância de mais de 12.500 km. 

Abdullah Mohammad Sulaiman Al Shehi, diretor-executivo da companhia, disse à agência Gulf News que um iceberg de tamanho médio contém mais de 20 bilhões de galões de água -- o suficente para que um milhão de pessoas por cinco anos. 

Além disso, o iceberg poderia criar "micro-climas" na região, trazendo mais chuva e ar mais fresco, afirmou.

De acordo com simulações da empresa citadas por Al Shehi, seria necessário cerca de um ano para deslocar um iceberg da Antártida aos Emirados. Como a maior parte do iceberg fica submersa, o ritmo de derretimento da montanha de gelo foi calculado para durar bastante tempo, apesar do calor. 

Uma vez que esteja na costa, o iceberg será quebrado em partes menores que, uma vez derretidas, serão processadas, filtradas e guardadas em tanques. 

"É a água mais pura que existe", disse.

Al Shehi não quis comentar sobre os custos do projeto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos