Usina nuclear dos EUA é esvaziada após desabamento de túnel; vazamento radioativo é descartado

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters

Centenas de trabalhadores da central nuclear de Hanford, localizada no Estado de Washigton, nos Estados Unidos, receberam nesta terça-feira (9) a ordem de se retirarem do local, após o desmoronamento de um túnel carregado de material altamente radioativo. Parte do pessoal da usina que estavam em áreas potencialmente afetadas foram abrigados em zonas seguras.

Os túneis estão localizados próximos à Usina de Extração de Plutônio e Urânio (Purex, em inglês) e apesar de a usina estar vazia há mais de 20 anos, ela continua altamente contaminada, pois era o local onde eram realizadas operações que envolviam o armazenamento de plutônio.

Vazamento descartado

Momentos depois do incidente, as autoridades americanas descartaram qualquer vazamento de material radioativo no túnel.

Os primeiros relatos indicaram que "não há indícios de liberação de contaminação neste momento" e que os inspetores "estão se aproximando mais da área onde se registrou o colapso do solo para uma revisão visual", segundo um comunicado do Departamento de Energia.

O departamento calculou o colapso do solo em cerca de 20 pés (seis metros) e esclareceu que os túneis carregados com resíduos nucleares ficam a centenas de pés de profundidade (mais de 30 metros). (Com informações da AFP)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos