Colômbia reconhece casamento gay poliamoroso

Do UOL, em São Paulo

No último dia 3 de junho, às 10h da manhã, Manuel José Bermúdez, Victor Hugo Prada e John Alejandro Rodrígues disseram "sim, eu quero", em um cartório de Medellín. E assim se tornaram legalmente a primeira união poliamorosa da Colômbia.

No documento público, está escrito "constituição de regime patrimonial especial de trisal".

Twitter/ Manuel José Bermúdez
Documento oficial formalizando a união do "trisal" ("trieja", em espanhol)

O casamento gay é legal na Colômbia desde 2016, mas esta é a primeira união oficial entre três pessoas do mesmo sexo no país.

O jornalista Manuel Bermúdez, de 50 anos; o personal trainer Alejandro Rodriguez, de 36; e o ator Víctor Hugo Prada, de 22, compartilham a casa, os gastos e o amor desde 2012.

"Muitas pessoas vivem em trisais, mas no armário", disse o advogado e ativista LGBT Germán Rincón, em entrevista à AFP.

Esse tipo de casamento casamento tem implicações legais para os três, como no caso de separação ou falecimento de um deles, com a divisão de bens ou recebimento de pensão. O trisal também passa a ter o direito de adotar crianças, segundo Rincón.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos