Ataque cibernético obriga Honda a interromper produção em fábrica de carros

Colaboração para o UOL

  • Caio Mattos/Honda

A Honda Motor anunciou nesta quarta-feira que interrompeu a produção de sua fábrica no Japão, ainda como consequência do ataque cibernético que causou problemas no mundo inteiro no mês passado.

Segundo informe da empresa, a fábrica de Sayama, que fica bem próximo a Tóquio, teve suas máquinas desligadas na segunda-feira e só voltou a funcionar na terça.

A fábrica de Sayama produz modelos como o Sedã Accord, a minivan Odyssey e o Step Wagon - ao todo, são 1000 veículos produzidos por dia.

A interrupção aconteceu porque a Honda descobriu no último domingo que o sistema operacional do controle de produção da fábrica havia deixado de responder por causa da ação do vírus WannaCry, que costuma tornar os arquivos inacessíveis até o pagamento de um resgate.

O ataque cibernético causado pelo vírus WannaCry, no mês passado, atingiu cerca de 200 mil computadores em pelo menos 150 países do mundo. Japão, América do Norte, Europa e China estiveram entre as áreas atingidas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos