Desertora volta à Coreia do Norte após se decepcionar com vizinha do Sul: "inferno"

Colaboração para o UOL*

  • Reprodução de vídeo

    Lim desertou para a vizinha do Sul, mas regressou à Coreia do Norte três anos depois

    Lim desertou para a vizinha do Sul, mas regressou à Coreia do Norte três anos depois

Até abril, Lim Ji-hyun foi uma celebridade modesta da televisão na Coreia do Sul, falando para o público sobre o país que ela conhecia melhor: a Coreia do Norte. Afinal, ela havia desertado do país em 2014.

Ela inclusive tinha seu próprio fã clube online, indicando que ela estava entre os relativamente poucos desertores norte-coreanos que haviam se adaptado com sucesso à vida no lado sul capitalista. Nesta semana, Lim ressurgiu na Coreia do Norte, recordando entre lágrimas uma vida que, de acordo com o que fala em um vídeo, tratou como terrível no Sul.

"Todo dia da minha vida no Sul foi um inferno", disse Lim, de 26 anos, em uma entrevista em vídeo divulgada pelo site Urimnzokkiri, que segundo o "The New York Times" faz propaganda para o governo norte-coreano.

A norte-coreana não disse como voltou para o país. O Ministério da Unificação, a agência do governo sul-coreano que lida com questões relacionadas a deserção, informou que estava investigando o seu caso. Como não há liberdade de imprensa no Norte, o que ela disse ao site não pode ser verificado de forma independente e, portanto, também é investigado se ela voltou por livre vontade ou se pode ter sido sequestrada pelo governo norte-coreano.

"Quando eu estava sozinha na escuridão, em uma sala fria, estava com o coração partido e chorava todos os dias, sentindo falta da terra dos meus pais, e eles haviam voltado para a casa", disse Lim, no mesmo vídeo.

Lim - ou Jeon Hye-sung, como ela é chamada no Norte - disse que voltou "ao seio da pátria" no mês passado, e agora mora com seus pais em sua cidade natal. "Eu estava atraída para o Sul por uma ilusão de que iria comer bem e fazer um monte de dinheiro lá", disse ela. "Não era o lugar que eu tinha imaginado. Eu tinha andado por toda parte lá para ganhar dinheiro, trabalhando e bebendo em bares, mas nada deu certo".

As versões opostas para seu reaparecimento na Coreia do Norte também contam com o detalhe de ela ter publicado um vídeo em abril mostrando estar feliz em comemorar seu aniversário. Pouco depois, as atualizações de seu blog cessaram.

*Atualizada às 14h22

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos