Mulher acalma menino autista em voo com abraço e impede pouso de emergência

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Facebook

    Mulher acalmou menino com abraço em imagem que viralizou nas redes sociais

    Mulher acalmou menino com abraço em imagem que viralizou nas redes sociais

A ação solidária e carinhosa de uma mulher tem chamado atenção pelo mundo. Rochel Groner viajava de Israel para Nova York com seu marido, em um voo de oito horas. No meio do percurso, ela ouviu o choro de um garoto e - sem pensar duas vezes - foi ao seu encontro. O abraço trouxe tranquilidade à criança e aos passageiros do voo, que temiam um pouso de emergência.

Em um post no Facebook , o marido de Rachel, Bentzion Groner, explicou que o menino é autista. "Ele estava chorando, então começou a gritar. Era claro pra mim, só de ouvir, que era uma criança que não tinha domínio de vocabulário. Ele estava tentando comunicar algo", disse Rochel. Segundo ela, depois de alguns minutos de choro do menino, passageiros começaram a se irritar.

"As pessoas estavam frustradas. As pessoas estavam acordando. Era um voo diurno, o que é sempre mais complicado", ele lembrou. "Os telefones começaram a tocar, então eu comecei a pensar que faríamos um pouso emergencial. Dava para ver pessoas girando os pescoços e tentando entender o que estava acontecendo".

Foi então que ela decidiu resolver o problema. Determinada, Rochel deixou seu assento, foi até o corredor onde o menino estava chorando e começou a confortá-lo. "Eu estendi minha mão, foi surreal. Eu não sabia o que estava fazendo. Ele estava chorando. Estendeu a mão, eu o coloquei no colo e dei um abraço firme e gentil, então comecei a balançá-lo e ele ficou quieto", explicou.

Segundo Rochel, eles ficaram sentados juntos por um tempo, desenhando em sacos de vômito providenciados pela companhia aérea. "Eu peguei outro saco de vômito e coloquei minha mão em cima. Dei a ele uma caneta e, juntos, nós fizemos o traçado da minha mão", ela contou. "Ele começou a sorrir. De repente, éramos amigos".

Rochel afirmou que sentiu imediatamente o alívio de todos os passageiros. Seu marido aproveitou para registrar fotos do encontro, que viralizaram. "Aprendi que todo mundo só quer um abraço e ser ouvido -- e que se você estiver disposto a fazer isso, pode literalmente mudar vidas... Estava embasbacado", afirmou. "Uma das razões pelas quais tirei foto foi me lembrar desse momento".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos