O que os norte-coreanos pensam sobre a chance de uma nova guerra com os EUA?

Da Associated Press

Em Pyongyang

  • AP Photo/Wong Maye-E

    27.jul.2017 - Estudantes celebram 64º aniversário do armistício que encerrou a Guerra da Coreia durante evento em Pyongyang

    27.jul.2017 - Estudantes celebram 64º aniversário do armistício que encerrou a Guerra da Coreia durante evento em Pyongyang

Os Estados Unidos e a Coreia do Norte estão se aproximando de uma outra guerra?

Embora às vezes seja atribuída como "A Guerra Esquecida" nos Estados Unidos, ela não é nada esquecida na Coreia do Norte. O aniversário do armistício da Guerra da Coreia, em 27 de julho, é celebrado como um grande feriado nacional chamado "Dia da Vitória na Guerra de Liberação da Pátria" e é também o final do "Mês Anti-Imperialismo Americano", que começa em 23 de junho, o dia em que a Guerra da Coreia (1950-1953) começou.

Enquanto os jovens norte-coreanos foram às praças e espaços públicos na capital do país na quinta-feira (27) para participar de danças em massa e outras celebrações, a Associated Press perguntou a diversos estudantes universitários o que eles pensavam sobre a possibilidade de outra guerra explodir.

Previsivelmente, suas respostas refletem os comunicados oficiais do governo norte-coreano.

De um, a sugestão de que as conversas de paz podem funcionar. Do outro, um voto para que se mate até o último imperialista americano.

AP Photo/Wong Maye-E

Kim Hyo Sim, 21, estudante na Escola de Comércio de Pyongyang:

"Os EUA estão sempre aplicando sanções no nosso país e tentando nos isolar. Mas assim como conquistamos uma vitória sob a liderança de nossos generalíssimos [na Guerra da Coreia], vamos vencer sob a liderança inteligente do Marechal Kim Jong-un. Eu diria que nossos dois países estão hoje nas mesmas condições de guerra do passado, então acho que a situação naquela época e hoje não são tão diferentes. Apesar de a gente não querer entrar em guerra contra ninguém, se os EUA provocarem uma guerra contra o nosso país, com certeza vamos vencer.

Os sistemas de defesa nacional do nosso país foram fortalecidos e os EUA estão agarrados de forma viciada nas sanções, então acho que há muito mais possibilidade de os EUA nos provocarem agora. Mas também estou muito confiante em uma vitória."

AP Photo/Wong Maye-E

Jo Kwang Song, 29, que cursa especialização em tecnologia da informação na Universidade Kim Sung-Il

 "Como parte da jovem geração que está crescendo, não acho que teremos uma guerra porque temos o líder supremo Kim Jong-un e uma defesa nacional forte. Os EUA não provocarão uma guerra contra a gente. Não estou nada preocupado, porque se uma guerra for iniciada contra o nosso país nós iremos ganhar.

Se a guerra começar, eu mesmo pegarei em armas.

Desejamos a paz, é claro. Mas se os EUA continuam provocando o nosso país, a paz nunca virá. Os EUA deveriam procurar negociações pacíficas. Mas, de qualquer forma, vamos seguir o marechal e vencer sempre. Os EUA deveriam pôr um fim à política hostil contra o nosso país."

AP Photo/Wong Maye-E

Ri Su Jong, 18, também estudante na Escola de Comércio de Pyongyang:

"Vamos seguir as ordens do nosso líder supremo Kim Jong-un. Lançamos nosso míssil balístico intercontinental e estaremos completamente preparados. Se mais uma guerra começar, vamos celebrar outra grande vitória, como a que estamos celebrando hoje. Se os EUA nunca encostarem na gente, então tudo ficará bem."

AP Photo/Wong Maye-E

Jon Kuk Chol, 31, estudante na Universidade de Impressão e Publicação de Pyongyang:

"A guerra não vai acontecer, porque nosso país possui armas nucleares e mísseis balísticos intercontinentais. Mas se começar uma guerra, vamos matar todos os imperialistas para que não haja ninguém vivo para assinar os papéis de rendição."

Turistas mostram a Coreia do Norte

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos