Atraso de 15h para decolagem de aviões irrita passageiros e vira caso de polícia

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Twitter

    Passageiros presos em avião da Air Transat, que sofreu longo atraso para deixar aeroporto

    Passageiros presos em avião da Air Transat, que sofreu longo atraso para deixar aeroporto

O que você faria se fosse obrigado a ficar dentro de um avião por horas e sem poder desembarcar, depois de uma viagem cheia de imprevistos? Passageiros de dois voos da Air Transat resolveram chamar a polícia após passarem horas presos dentro de aeronaves da companhia no aeroporto de Ottawa, no Canadá, nesta segunda-feira (31).

Os dois aviões, saídos de Bruxelas (Bélgica) e de Roma (Itália), tinham como destino a cidade de Montreal e tiveram que ser desviados para Ottawa devido ao mau tempo. Os passageiros, em ambos os casos, não foram autorizados a desembarcar e nem receberam nenhuma informação sobre o que estava acontecendo.

"O avião ficou sem energia", disse Laura Mah, em entrevista à CBC News ainda de dentro de uma das aeronaves. "Pessoas começaram a passar mal, enquanto outros já não aguentavam mais a situação. Nós reclamamos com a tripulação, mas nada foi feito. A polícia e o corpo de bombeiros foram chamados, mas disseram que não poderiam fazer nada."

Segundo ela, as poucas informações recebidas eram confusas. No início, a tripulação disse que o avião precisava ser reabastecido. Depois, que o caminhão de combustível estava sem gasolina. Ela revelou ainda que a comida foi racionada e apenas as crianças foram alimentadas.

Finalmente, às 22h da segunda-feira (hora local), os dois aviões tiveram permissão para deixar o aeroporto de Ottawa, tocando o solo de Montreal meia hora depois. Ao todo, os passageiros ficaram cerca de 15 horas dentro das aeronaves.

Companhia e aeroporto deram suas versões

Após os episódios, a Air Transat emitiu um comunicado, afirmando que os problemas aconteceram devido ao elevado tráfego aéreo e as condições climáticas desfavoráveis: "Pedimos sinceras desculpas a todos que foram afetados pelos transtornos, que estavam além de nosso controle."

Já Krista Kealey, representante da assessoria do aeroporto, apontou o alto número de voos desviados devido ao mau tempo como a principal causa dos problemas: "Tivemos 20 voos encaminhados para Ottawa, o que dificultou nossas ações. De qualquer forma, tentamos agir da melhor forma para assegurar o bem-estar de todos."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos