Terremoto na China deixa mortos e causa destruição

Do UOL, em São Paulo

  • Xinhua

    Destroços em rua após terremoto em Jiuzhaigou, em Sichuan, China

    Destroços em rua após terremoto em Jiuzhaigou, em Sichuan, China

Pelo menos nove pessoas morreram e mais de 130 ficaram feridas após um terremoto de magnitude 6.5 na escala Richter ter sacudido nesta terça-feira (8) a província de Sichuan, na região central da China. Segundo a Comissão Nacional para a Redução de Desastres da China, o número de mortos pode passar de cem.

Entre os mortos estão seis turistas, segundo fontes do governo local. Autoridades locais citadas pela agência oficial "Xinhua" informaram que o tremor, um dos mais potentes registrados no país nos últimos anos, ocorreu por volta das 21h19 locais (10h19 em Brasília), com epicentro no vale de Jiuzhaigou, uma conhecida região turística chinesa e visitada por milhares de pessoas.

O sismo teve epicentro com profundidade de 20 quilômetros, segundo o Centro de Redes Sismológicas da China, e afetou principalmente a região de Sichuan, onde 90 mil pessoas morreram ou desapareceram em 2008 após o registro de um dos piores terremotos das últimas décadas.

O governo de Sichuan acrescentou que 100 turistas foram atingidos por um deslizamento de terra, mas que não havia relatos de mortos ou feridos entre esse grupo de pessoas. Um porta-voz do governo de Sichuan disse que ainda não estava claro o que aconteceu com os turistas e se eles estariam soterrados ou apenas isolados por uma rodovia bloqueada.

O corpo de bombeiros de Sichuan afirmou que a recepção de um hotel desabou, soterrando algumas pessoas, mas que 2.800 pessoas já tinham sido retiradas com segurança da localidade.

Mais de 130 mil casas teriam ter sido danificadas, segundo um comunicado divulgado no site institucional da Comissão Nacional para a Redução de Desastres da China, com base em uma análise preliminar do tremor.

Testemunhas ouvidas pela agência oficial "Xinhua" informaram que várias casas da região foram destruídas. Outras sofreram danos de diferentes intensidades.

Pelo menos cem turistas ficaram presos em um parque natural da região afetada, onde algumas ferrovias pararam de funcionar. Em áreas mais afastadas do epicentro, mas ainda na província de Sichuan, várias pessoas deixaram suas casas com medo de desabamentos. Vários moradores registraram cortes no serviço telefônico.

As autoridades locais iniciaram uma operação para retirar a população das regiões mais afetadas.

O tremor também foi sentido na capital da província, Chengdu, que fica 300 quilômetros ao sul do epicentro.

Jiuzhaigou é um vale famoso por suas cataratas. Só neste ano, 38 mil pessoas tinham visitado a região. 

Um terremoto em Sichuan em maio de 2008 matou quase 70.000 pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos