Garotas de 12 e 13 anos morrem após jovem de 14 bater carro; polícia os perseguia

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/TV KOCO

    Katana, de 13 anos, foi uma das garotas mortas no acidente

    Katana, de 13 anos, foi uma das garotas mortas no acidente

Um garoto de 14 anos estava tentando fugir da polícia na última quarta-feira em Woodward, Oklahoma (Estados Unidos). Segundo as autoridades que acompanharam o caso, ele acabou batendo o carro e matando duas meninas, além de ferir outros dois jovens que estavam com eles. 

O nome do garoto não foi divulgado, mas ele foi detido, de acordo com a TV KOCO. A mãe dele, April Carmen, disse que ele está arrependido. "Ele queria que fosse ele ao invés dos outros que morreram. Ele não fez de propósito. Ele disse que estava assustado. Não queria perder o semáforo. Estava tão assustado...".

A legislação de Oklahoma permite apenas pessoas acima de 16 anos a dirigir.

Segundo a KOCO, as duas meninas possuíam 12 e 13 anos. A menina de 13 anos se chamava Katana Richley. Seus pais disseram que ela deixou a casa da família sem autorização. "Nós estamos muito chateados, cabisbaixos, com o coração partido, tentando entender tudo que aconteceu", disse a mãe de Katana, Shyila Clugston.

Segundo uma patrulha da rodovia de Oklahoma, um policial tentou parar o carro, mas o motorista acelerou em a alta velocidade. O carro bateu em uma calçada, e capotou. As meninas não estavam usando cinto de segurança e foram jogadas.

Ele e outro menino de 14 anos que estava no carro foram tratados em um hospital e liberados. O outro menino, de 13 anos, foi hospitalizado em condição estável. 

Reprodução/TV KOCO

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos