Homem invade hospital dos Estados Unidos e mata a própria mãe que estava na UTI

Colaboração para o UOL

  • AP

    Travis Frink é acusado de matar a própria mãe, que estava internada em UTI

    Travis Frink é acusado de matar a própria mãe, que estava internada em UTI

Uma tragédia alterou a rotina dos pacientes da UTI do Centro Médico Dartmouth-Hitchcock, maior hospital do estado de New Hampshire (Estados Unidos). Nesta terça-feira (12), Travis Frink, de 49 anos, matou a própria mãe, que estava internada no local, com diversos tiros. Ao tentar fugir, acabou sendo preso pela polícia.

Segundo informações da "NBC", a polícia confirmou que Travis foi ao hospital com a intenção de matar a mãe, Pamela Ferriere, de 70 anos. Na cena do crime, os agentes encontraram diversos cartuchos de bala, mas ressaltaram que nenhum outro paciente foi atingido na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

"Os fatos que conseguimos reunir até agora mostram que a visita de Frink ao hospital foi mesmo para matar a mãe", revelou o procurador geral Gordon MacDonald. "Podemos confirmar também que mais de um tiro foi disparado, mas que nenhuma outra pessoa sofreu qualquer ferimento".

Após o tiroteio, que causou pânico entre visitantes e funcionários, o hospital precisou ser evacuado. "Nós sentamos na parte externa e vimos dois policiais correndo em nossa direção. Eles nos disseram para sair dali e procurar um local seguro para ficar", afirmou Susan Flynn, que faria uma cirurgia no local horas depois do incidente.

Em entrevista, Joanne Conroy, presidente do Dartmouth-Hitchcock, lamentou o ocorrido e revelou que todos os funcionários do hospital foram treinados para situações como aquela: "Foi um dia muito triste e muito estressante, principalmente para a família envolvida. Se posso tirar algo de positivo desta situação é o fato de que mais ninguém se feriu".

Detido por seguranças após o crime, quando tentava fugir do local, Frink foi preso e encaminhado para a delegacia. Até o momento, a polícia ainda não sabe quais foram as motivações do crime, mas deve indiciar o acusado por homicídio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos