PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Coreia do Norte deve US$ 156 mil em multas de trânsito nos EUA, diz jornal

Missão diplomática da Coreia do Norte estaria dando calote em mais de 1.300 multas de trânsito registradas em Nova York - KCNA via Reuters
Missão diplomática da Coreia do Norte estaria dando calote em mais de 1.300 multas de trânsito registradas em Nova York Imagem: KCNA via Reuters

Do UOL, em São Paulo

21/09/2017 18h40

O ditador norte-coreano, Kim Jong-un, pode gastar quantias astronômicas em seu programa nuclear. No entanto, ele pode estar deixando de pagar uma série de multas de trânsito nos Estados Unidos.

Segundo uma investigação do canal de televisão NBC 4, a missão diplomática da Coreia do Norte está dando calote em mais de 1.300 multas de trânsito registradas em Nova York desde a década de 1990. O valor total da dívida já superaria os US$ 156 mil.

A equipe do canal entrou em contato com um diplomata norte-coreano, perto do prédio das Nações Unidas. O homem, que se identificou como Jong Jo, secretário da Coreia do Norte na ONU, acredita que houve um erro porque a cidade teria retirado os privilégios dos veículos diplomáticos caso tivessem acumulado tantas multas.

"Não é verdade", disse Jong Jo. "Isso é falso. Sempre que temos uma multa, pagamos. Porque, você sabe, se tivermos três multas, a cidade não nos permite renovar a permissão".

Um memorando de entendimento de 2002 entre Nova York e o Departamento de Estado dos EUA deixa claro que a cidade pode reter um licença de estacionamento diplomático se um veículo acumular três ou mais dívidas não pagas.

No entanto, a maior parte da dívida de estacionamento da Coreia do Norte ocorreu antes de 2002, quando os veículos diplomáticos do país somavam regularmente dezenas de violações ignoradas sem sofrer nenhuma consequência.

Internacional