Sobe para 3 o número de mortos a tiros em supermercado no Colorado

Do UOL, em São Paulo

  • Helen H. Richardson/The Denver Post via AP

    Policiais em frente ao supermercado onde três pessoas morreram na noite desta quarta

    Policiais em frente ao supermercado onde três pessoas morreram na noite desta quarta

Subiu para três o número de mortos a tiros em um supermercado da rede Walmart na noite desta quarta-feira (1º) na cidade de Thornton, ao norte de Denver, no Estado americano do Colorado. Segundo informado na madrugada pela polícia, uma mulher que havia sido levada para um hospital não resistiu aos ferimentos e faleceu. Além dela, outros dois homens morreram no local em que levaram os tiros.

Algumas horas após o ocorrido, o Departamento de Polícia de Thornton divulgou imagens de um homem que pode ter relação com o crime e do veículo, um carro de cor vermelha, no qual ele teria fugido. Eles teriam sido identificados após agentes revisarem imagens de câmeras de segurança e conversarem com testemunhas. A polícia pede que a população entre em contato ao ter notícias de algum dos dois.

Depto. de Polícia de Thornton/via Reuters
Homem descrito pela polícia como uma pessoa que pode ter envolvimento no crime
O fato teria ocorrido por volta das 18h no horário local (22h em Brasília) dentro da loja, segundo informado por um oficial à CNN.

Dezenas de carros de polícia e equipes de emergência foram enviados para o local e os moradores, orientados a evitar a região.

Ao jornal "The New York Times", Gonzalo Benitez, 44, trabalhador da construção civil, disse que fazia compras quando ouviu seis ou sete disparos, seguidos de gritos dos clientes do supermercado.

"Havia muitas pessoas chorando, correndo", disse ele. "Eu vi um casal no chão."

Rick Wilking/Reuters
Funcionários do Walmart caminham pelo estacionamento da loja após os disparos
Também no Twitter, moradores locais divulgaram vídeos da movimentação em frente ao supermercado. A cidade de Thornton tem aproximadamente 120 mil habitantes.

No mês passado, um atirador matou 58 pessoas em Las Vegas, no mais sangrento tiroteio da história recente dos Estados Unidos. Segundo um estudo divulgado em outubro, ao menos 33 mil pessoas morrem anualmente por armas de fogo nos Estados Unidos, um país onde a posse de armas está prevista na Constituição e comprar uma pistola ou fuzil não representa grandes dificuldades. (Com agências internacionais)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos