Coreia do Norte divulga fotos do novo míssil; veja o que elas revelam de seu potencial

Eric Talmadge

Em Tóquio, da Associated Press

  • KCNA via AP

    Imagem divulgada pelo governo da Coreia do Norte mostra Kim Jong-un (roupa escura) diante do que o regime chama de míssil balístico intercontinental Hwasong-15

    Imagem divulgada pelo governo da Coreia do Norte mostra Kim Jong-un (roupa escura) diante do que o regime chama de míssil balístico intercontinental Hwasong-15

A Coreia do Norte divulgou nesta quinta-feira (30) dezenas de fotos do Hwasong-15, o novo míssil balístico intercontinental que o regime diz ser capaz de atingir qualquer alvo no território continental dos EUA. As imagens, publicadas nas edições em papel e online do diário oficial do regime é uma mina de ouro para especialistas em foguetes que tentam analisar a realidade do discurso do regime de Kim Jong-un.

A conclusão geral é que o míssil é maior, mais avançado e está associado a um lançador móvel produzido internamente no país, oque torna mais difícil destruí-lo preventivamente. Por outro lado, há um potencial descoberta: ele pode não ter o poder de ir muito além da Costa Oeste dos EUA, se ele for carregado com uma ogiva nuclear real, e não um artefato que foi usado no teste lançado na quarta-feira.

Veja também:

Aqui estão mais detalhes:

Coreia do Norte testa míssil que poderia atingir os EUA

O míssil

O míssil norte-coreano parece significativamente maior que o míssil balístico intercontinental Hwasong-14 testado duas vezes em julho. É possível notar como o líder norte-coreano Kim Jong-un, que tem 1,70 de altura, parece muito menor ao lado do míssil. Em um tuíte publicado pouco depois da divulgação das fotos, Michael Duitsman, um pesquisador do Centro de Estudos de Não Proliferação, em Monterey, Califórnia (EUA), disse que "este é um míssil muito grande... E não significa 'grande para a Coreia do Norte'. Apenas poucos países são capazes de produzir mísseis deste tamanho e a a Coreia do Norte apenas acabou de se juntar ao grupo".

Tamanho é importante porque um míssil que tem como alvo os EUA poderia carregar bastante combustível. Duitsman também sugere que o novo míssil intercontinental parece ter um diferente arranjo de motor e direção melhorada.

KCNA via AP
Imagem divulgada pelo governo norte-coreano mostra o míssil Hwasong-15 sendo preparado para lançamento

O lançador

A Coreia do Norte se vangloriou diversas vezes em seus anúncios de lançamento na quarta-feira de que o "Hwasong-15 foi lançado de um veículo lançador produzido pelo país. As fotos sustentam esta hipótese. Ser capaz de produzir seu próprio veículo lançador móvel faz a Coreia do Norte não depender de obter esse típo de equipamento de outros países, como a China, o que é essencial tendo em vista as sanções internacionais restritivas que Pyongyang vem sofrendo.

O veículo lançador torna mais fácil mover os mísseis e lançá-los de lugares remotos. Também torna difícil prever de qual lugar o míssil será disparado. Isso torna mais difícil encontrar e destruir o Hwasong-15 antes de seu lançamento.

KCNA via AP
O míssil Hwasong-15 no veículo lançador em imagem divulgada pelo governo da Coreia do Norte

A carga

A Coreia do Norte alega que o Hwasong-15 pode carregar uma carga nuclear "super-pesada" para qualquer alvo no território continental dos EUA. O veículo de reentrada, esse cone no nariz do míssil, realmente parece bastante grande. Mas quando mais pesado a carga, menor o alcance.

Michael Elleman, um especialista em mísseis, sugere em artigo no blog 38 North que o alcance de 13 mil quilômetros do Hwasong-15 deve levar em conta uma carga de cerca de 150 kg, o que é provavelmente muito mais leve que qualquer carga nuclear real que a Coreia do Norte possa produzir.

Para atingir a Costa Oeste dos EUA, a Coreia do Norte precisa manter o peso abaixo dos 500 kg. Se isso pode ser feito continua a ser algo questionável. "A bomba nuclear de Kim Jong-un deve pesar menos 350 kg se ele pretende atingir a costa ocidental dos EUA", diz Elleman.

#LigadoNoMundo: Qual o tamanho da ameaça nuclear hoje?

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos