"Ciclone bomba" ameaça nordeste dos EUA; tempestade fecha aeroportos de NYC

Do UOL*, de São Paulo

Ventos fortes e uma tempestade de neve atingem o nordeste dos Estados Unidos nesta quinta (4). Até agora, foram contabilizadas 17 mortes devido ao frio. Além disso, todos os voos previstos para decolarem de Nova York foram cancelados, escolas paralisaram as atividades e o Senado em Washington suspendeu votações pelo resto da semana. A nevasca que atinge a região está sendo chamada de "ciclone bomba", com previsão de gerar grandes acúmulos de neve.

O fechamento dos dois aeroportos aconteceu devido à tempestade de neve que atinge a cidade. Segundo a BBC, 60 milhões de pessoas estão no caminho do "ciclone bomba". 

Em mensagem no Twitter, o JFK disse que o cancelamento de todos os voos se devia aos fortes ventos e à neve, e pediu aos passageiros que entrem em contato com as linhas aéreas para reprogramar seus voos. Pouco depois desse anúncio, o LaGuardia, um terminal de voos nacionais, decidiu tomar a mesma medida.

No inverno mais rigoroso dos Estados Unidos das últimas décadas, mesmo a região sudeste do país, tradicionalmente mais quente, está sendo castigada. A Flórida teve neve na quarta-feira, pela primeira vez em três décadas.

Os governadores da Flórida, Geórgia, Carolina do Norte e Virgínia declararam estado de emergência, alertando moradores para a possibilidade de ruas congeladas e temperaturas muito baixas. No nordeste do país, equipes de trabalho carregaram caminhões com sal para estradas em preparação para a tempestade.

Leia também

O Serviço Meteorológico Nacional dos EUA previu que Nova York pode ver entre 12 e 20 centímetros de neve e rajadas de ventos de até 80 km/h nesta quinta-feira.

Cataratas do Niágara congelam parcialmente

Cataratas congeladas e 17 mortes

Grande parte do leste dos Estados Unidos permanece gravemente afetada pelo frio contínuo que congelou partes das Cataratas do Niágara, nos lados norte-americano e canadense, além de causar estragos em infraestruturas, fazendo com que canos congelassem e aquedutos rompessem.

O frio foi responsabilizado por ao menos 17 mortes durante os últimos dias, também segundo a BBC, incluindo duas pessoas desabrigadas em Houston. A polícia de Roseville, no Estado de Michigan, informou na quarta-feira que uma mulher de 96 anos, que havia sido recentemente diagnosticada com demência, foi encontrada morta em um parque, aparentemente tendo morrido congelada após sair de casa de roupão e chinelo.

O Serviço Meteorológico Nacional emitiu alertas de nevascas para Virgínia até Maine, com previsão de que áreas ao redor de Boston vejam cerca de 30 centímetros de neve nesta quinta-feira.

Na tarde desta quinta, a agência espacial americana, a Nasa, publicou no Twitter uma foto de satélite da tempestade cobrindo os EUA da Flórida a Maine.

O apelido "ciclone bomba" se deve a um processo conhecido como "bombogenesis", em que um sistema climático experimenta uma queda acentuada na pressão atmosférica, que se intensifica rapidamente, gerando nevascas combinadas a ventos com força de furacão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos