"Não há preocupações com as capacidades cognitivas de Trump", diz médico que o avaliou

Do UOL, em São Paulo

  • NICHOLAS KAMM/AFP

    Ronny Jackson, médico que examinou Donald Trump

    Ronny Jackson, médico que examinou Donald Trump

O médico que avaliou a saúde do presidente dos EUA, Donald Trump, disse nesta terça-feira (16) que não há qualquer motivo para preocupação com as capacidades cognitivas e funções neurológicas do presidente. Em declarações feitas na Casa Branca, Ronny Jackson, que também examinou os presidentes Barack Obama e George W. Bush nos últimos anos, afirmou ainda que Trump está em perfeita saúde, mas precisa fazer exercícios e perder peso.

Segundo Jackson, os exames do Trump deram bons resultados. A consulta foi feita no hospital militar Walter Reed, nos arredores de Washington, onde os presidentes tradicionalmente fazem esse tipo de avaliação. O médico afirmou ainda que o exame, realizado anualmente com todos os presidentes, não incluiria a princípio uma avaliação cognitiva, o que acabou sendo feito devido à insistência de Trump. De acordo com o especialista, os resultados foram normais. 

A avaliação foi feita com um teste chamado Montreal Cognitive Assessment (Avaliação Cognitiva de Montreal, ou MoCA), no qual Trump obteve um índice 30/30, disse Jackson, acrescentando que, segundo seu conhecimento, é a primeira vez que um presidente americano se submete a esta avaliação no exercício de suas funções.

O debate sobre a saúde mental do presidente americano foi levantado por um grupo de psiquiatras que defendiam uma avaliação psicológica com base nas reações descontroladas e sem filtro de Trump.

"A saúde dele é excelente. O desempenho cardíaco durante o exame físico foi muito bom. Ele continua a desfrutar dos significativos benefícios de longo prazo de saúde cardíaca e em geral, decorrentes de uma vida de abstinência de tabaco e álcool.", disse o médico aos repórteres. "Tudo indica que o presidente está saudável e permanecerá assim durante o seu mandato".

Segundo os dados divulgados hoje pela Casa Branca, Trump tem 1,90 metros de altura, 108 quilos de peso, 68 de frequência cardíaca em repouso e 122/74 de pressão arterial. Esses índices são considerados normais. No entanto, o médico de Trump afirmou que trabalhará em uma dieta para que o presidente tente reduzir "todo o que puder" em calorias, gorduras e carboidratos que consome. É esperado que o presidente perca entre 4 e 6 quilos. 

(Com agências de notícias) 

 

 

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos