Topo

Iván Duque é eleito o novo presidente da Colômbia

Nacho Doce/Reuters
Iván Duque, presidente eleito da Colômbia, discursa para apoiadores após vitória Imagem: Nacho Doce/Reuters

Do UOL, em Brasília

17/06/2018 19h10Atualizada em 17/06/2018 22h33

Iván Duque foi eleito neste domingo (17) o próximo presidente da Colômbia. O candidato do partido Centro Democrático, de direita, venceu o segundo turno da eleição presidencial com mais de 8,7 milhões de votos.

De acordo com o Registro Nacional do Estado Civil, o órgão eleitoral do país, Duque conseguiu 53,97% do total de votos. Gustavo Petro, do movimento Colômbia Humana, por sua vez, obteve o equivalente a 41,81%. Os votos em branco ficaram em 4,2%.

No primeiro turno, realizado em 27 de maio, Duque conseguiu pouco mais de 7,5 milhões de votos (39,14% do total) contra seu adversário direto, o esquerdista Gustavo Petro. Este tinha conseguido 4,8 milhões de votos (25,08%) no mês passado.

Luis Robayo/AFP
Gustavo Petro, candidato de esquerda derrotado na eleição presidencial da Colômbia, é aplaudido por seus apoiadores após o anúncio do resultado da votação Imagem: Luis Robayo/AFP

O atual presidente colombiano, Juan Manuel Santos, informou nas redes sociais já ter telefonado a Duque para cumprimentá-lo pela vitória e lhe desejar sorte. Santos também disse estar disposto a oferecer toda a colaboração possível para uma transição “ordenada e tranquila”.

Em resposta, Duque agradeceu o telefonema, disse estar pronto para começar o trabalho de união em benefício de todos os colombianos e comemorou a vitória.

"Quero agradecer a Deus e ao povo colombiano, porque uma nova geração chega para governar com todos e para todos, com a maior votação na história do nosso país", afirmou.

Também nas redes sociais, Petro tentou evitar um sentimento de derrota e afirmou que, por enquanto, não será parte do governo a ser formado por Duque.

O governo brasileiro congratulou Iván Duque em mensagem publicada em redes sociais na noite deste domingo. "Assistimos hoje a mais uma bela manifestação da democracia na Colômbia. Nossos cumprimentos ao presidente eleito Iván Duque. Seguiremos trabalhando por relações sempre mais fortes entre brasileiros e colombianos", escreveu a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto.

Presidente eleito é contra acordo com as Farc

Duque nasceu em Bogotá, capital da Colômbia, e tem 41 anos. Ele é formado em Direito, com pós-graduação nos Estados Unidos. O presidente eleito foi senador da Colômbia entre 2014 e 2018. Antes, havia atuado como conselheiro no BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e na ONU (Organização das Nações Unidas).

Iván Duque é de oposição ao atual governo de Santos e tem o apoio de seu antecessor, Álvaro Uribe – inclusive tendo sido assessor internacional deste. O presidente eleito se posiciona contra o acordo de paz com o grupo guerrilheiro Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), firmado em novembro de 2016, e pretende modificar pontos negociados, como a anistia de envolvidos no tráfico de drogas.

(com informações das agências internacionais de notícias)