PUBLICIDADE
Topo

Rompimento de represa deixa centenas de desaparecidos no Laos

Do UOL, em São Paulo

24/07/2018 08h01

Centenas de pessoas estão desaparecidas após a ruptura de uma represa hidrelétrica em construção na província de Attepeu, sudeste do Laos, na noite de segunda-feira (23), segundo a agência oficial de notícias do país.

De acordo com a nota da agência, várias casas foram destruídas e o acidente pode ter deixado um alto número de mortos.

Dezenas de represas estão atualmente em construção no Laos, que exporta a maioria de sua energia hidrelétrica para os países vizinhos, como a Tailândia.

24.jul.18 - Vila no Laos inunda após rompimento de barreira - ABC Laos/Reuters - ABC Laos/Reuters
24.jul.18 - Vila no Laos inunda após rompimento de barreira
Imagem: ABC Laos/Reuters

Há anos, as organizações de defesa do meio ambiente manifestam preocupação com as pretensões hidrelétricas do Laos, especialmente pelo impacto das represas no rio Mekong, sua flora e fauna, assim como sobre as populações rurais e as economias locais.

A represa de Attapeu, uma obra de mais de 1 bilhão de dólares, está em construção desde 2013.

Por trás desse projeto está a Xe Pian-Xe Namnoy Power Company (PNPC), uma joint venture formada pela companhia tailandesa Ratchaburi Electricity Generating Holding, pela sul-coreana Korea Western Power e a laosiana Lao Holding State Enterprise.

A represa, de 410 megawatts de potência, deveria começar a fornecer energia em 2019, segundo o site da PNPC. Do total, 90% da energia produzida seria exportada para a Tailândia. (Com agências internacionais)