Topo

Luxemburgo vai tornar o transporte público totalmente gratuito

Facebook
Trens chegam à estação de Bettembourg, em Luxemburgo Imagem: Facebook

Do UOL, em São Paulo

06/12/2018 20h31

Luxemburgo, uma pequena nação europeia de pouco mais de 600 mil habitantes, vai ser o primeiro país do mundo a tornar gratuito todo o transporte público. No próximo verão, no hemisfério norte, todas as tarifas de trens, bondes e ônibus serão suspensas, de acordo com os planos do primeiro-ministro Xavier Bettel, que foi recentemente reeleito e tomou posse de seu segundo mandato na quarta-feira (5).

O premiê, do Partido Democrático, formará coalizão com o Partido dos Trabalhadores Socialistas, de esquerda, e com o Partido Verde.

Apesar de ter 110 mil habitantes, a cidade de Luxemburgo, capital do país, sofre com o congestionamento em dias de semana. Isso porque, cerca de 400 mil pessoas se movem para a cidade para trabalhar, muitas delas vindas da França, da Bélgica e da Alemanha. Um estudo recente mostrou que os motoristas gastaram cerca de 33 horas no trânsito na capital em 2016.

Ao longo dos últimos anos, o governo de Luxemburgo tem tomado medidas para promover melhorias no transporte. Pessoas com menos de 20 anos, por exemplo, já não precisam pagar pelo transporte. Estudantes secundaristas também ganharam ônibus que os levam da escola para casa.

Além disso, a tarifa do transporte público custa apenas 2 euros e permite que o usuário utilize qualquer tipo de transporte por duas horas. Mesmo assim, o governo quer deixar as viagens totalmente gratuitas.

O governo de Bettel também planeja legalizar o consumo de maconha e vai criar mais dois feriados públicos anuais.