Topo

Parlamentar esloveno renuncia após furtar um sanduíche em mercado

Darij Krajcic renunciou ao Parlamento esloveno por ter furtado um sanduíche - Divulgação
Darij Krajcic renunciou ao Parlamento esloveno por ter furtado um sanduíche Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo*

17/02/2019 04h00

Um parlamentar esloveno renunciou na quinta-feira (14) acusado de furtar um sanduíche de um supermercado porque estava aborrecido por ter sido ignorado pelos funcionários. 

Darij Krajcic, membro do Parlamento pelo partido Marjan Sarec List (LMS), que faz parte da coalizão governista, afirmou que saiu sem pagar do mercado porque três funcionários "o trataram como o ar" e continuaram conversando.

"Devo ter ficado uns três minutos perto do balcão", disse ele à POP TV. Krajcic insistiu que voltou pouco depois para pagar o sanduíche, mas ele pediu desculpas pelo ato e pediu renúncia do Parlamento.

"Eu não faria isso de novo se pudesse voltar no tempo", disse. "Permitimos que esses erros aconteçam? O que estou observando é que a sociedade não permite isso."

A renúncia de Krajic provocou diferentes reações nas redes sociais. Muitos elogiaram a ética do parlamentar ao renunciar, enquanto outros criticaram a reação excessiva ao ato.

O partido LMS de centro-esquerda e do primeiro-ministro Marjan Sarec é o principal de um governo minoritário de cinco partidos, eleito em setembro passado.

O apoio público ao premiê recebeu recentemente um impulso com os aumentos salariais do setor público e com a demissão de dois ministros acusados de abuso de poder e intimidação. 

O líder do LMS no Parlamento, Brane Golubovic, condenou as ações de Krajcic como "inaceitáveis" e disse que o parlamentar "tem de arcar com a responsabilidade, de acordo com os altos padrões éticos do LMS".

* Com informações da AFP

Mais Internacional