PUBLICIDADE
Topo

Pintura feita há 44 mil anos de híbrido entre homem e animal é encontrada

Pintura ruprestre de 44 mil anos é encontra na Indonésia com representação de teriantropos - AFP PHOTO/RATNO SARDI/GRIFFITH UNIVERSITY
Pintura ruprestre de 44 mil anos é encontra na Indonésia com representação de teriantropos Imagem: AFP PHOTO/RATNO SARDI/GRIFFITH UNIVERSITY

Do UOL, em São Paulo

11/12/2019 19h57

Um desenho feito há 44 mil anos foi encontrado em uma caverna na Indonésia, sendo a mais antiga pintura rupestre registrada pelo homem.

O intrigante, conforme relatou a revista Nature, é que a imagem é uma representação de um grupo híbrido entre homem e animal, chamado pelos cientistas de "teriantropos". O desenho traz os teriantropos caçando porcos e búfalos usando lanças e cordas.

As figuras abstratas mostram um conceito que muda nossa visão da cognição humana precoce, de acordo com um estudo publicado hoje na revista. A arte poderia até mostrar, segundo a revista, o fundamento da espiritualidade humana, dada a cena sobrenatural retratada.

"Para mim, o aspecto mais fascinante de nossa pesquisa é que a arte rupestre mais antiga da humanidade tem pelo menos 44.000 anos e já possui todos os principais componentes relacionados à cognição moderna, como estênceis de mão, arte figurativa, narração de histórias, teriantropos e religiosos", disse Maxime Aubert, autor do estudo e professor de ciências arqueológicas da Universidade Griffith.

"Portanto, deve ter uma origem muito mais antiga, possivelmente na África ou logo após deixarmos a África", acrescentou.

A região de Sulawesi, na Indonésia, guarda inúmeras descobertas. O mesmo grupo de pesquisadores encontrou no local uma pintura de 40 mil anos em 2014.

"Existem pelo menos 242 locais de arte rupestre conhecidos nesta área de Sulawesi e provavelmente centenas de outros aguardando descoberta apenas nesta parte da ilha", disse Aubert.

"O resto desta ilha enorme, a 11ª maior do mundo, mal foi explorada para a arte das cavernas, então quem sabe o que mais existe por aí. O mesmo vale para o resto da Indonésia - é provável que existam muitos outros lugares com artes escondidos por lá", finalizou.

Internacional