PUBLICIDADE
Topo

Professor que fazia pesquisas promissoras sobre a covid-19 é morto nos EUA

Divulgação
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

06/05/2020 09h32

Um professor da Universidade de Pittsburgh que fazia pesquisas consideradas promissoras sobre a covid-19, de acordo com a instituição, foi morto em um caso de assassinato seguido de suicídio. Segundo a CNN, ele foi identificado como Bing Liu e foi achado morto a tiros no sábado.

O Departamento de Polícia de Ross informou que Liu foi encontrado em sua casa, com tiros na cabeça, pescoço, torso e extremidades. Segundo a polícia, um segundo homem encontrado morto em um carro, aparentemente após um suicídio, teria sido o autor do assassinato do professor. O homem não foi identificado.

A polícia não acredita, no momento, que ele ter ascendência chinesa tenha tornado Bing Liu alvo do ataque.

Em comunicado, a universidade se disse "profundamente triste com a morte de Bing Liu, um pesquisador prolífico e admirado na Pitt. A universidade manda condolências para sua família."

A nota acrescenta: "Bing estava prestes e fazer grandes descobertas para entender os mecanismos celulares subjacentes à infecção do SARS-CoV-2 e a base celular de suas complicações". Ele foi saudado por sua excelência científica e descrito como um pesquisador e mentor excepcional.

Coronavírus