PUBLICIDADE
Topo

Israel reabre restaurantes e cafés com novas medidas de distanciamento

Imagem ilustrativa de um restaurante reaberto em Roma, na Itália - Getty Images
Imagem ilustrativa de um restaurante reaberto em Roma, na Itália Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

28/05/2020 12h12

O governo de Israel permitiu a reabertura de cafés e restaurantes esta semana com novas medidas de distanciamento indicadas para o combate ao novo coronavírus.

Entre as diretrizes impostas pelo governo israelense estão a permissão que estabelecimentos com capacidade igual ou inferior a 100 pessoas operarem em sua totalidade, enquanto os locais com capacidade para mais de 100 pessoas têm liberação para funcionar com 85% da lotação.

O governo ainda pede que o distanciamento entre as mesas seja de 1,5 metro, os cardápios devem ser descartáveis, o álcool em gel deve estar disponível a todos os clientes, é necessária a medição de temperatura em todos que entrarem nos estabelecimentos e um funcionário do local precisa ser designado a observar se as exigências estão sendo seguidas no espaço.

As autoridades locais também permitiram que os restaurantes utilizem as calçadas e até estacionamentos para conseguir acomodar, a uma distância segura, todos os clientes.

Na cidade de Tel Aviv, 115 estabelecimentos entre bares, restaurantes e cafés tiveram permissão para usar o espaço público ao redor de suas instalações. Ron Huldai, prefeito da cidade, disse que o município continuará "lutando pelos 70 mil trabalhadores do setor".

"Essas empresas são o coração pulsante da economia urbana e eu instruí os executivos municipais a girar cada pedra para encontrar maneiras de colocá-los [os estabelecimentos] novamente em pé", pontuou o prefeito.

Segundo a contagem da Universidade Johns Hopkins, Israel registra 16.809 casos oficiais e 281 mortes em decorrência da covid-19.

Coronavírus