PUBLICIDADE
Topo

Internacional

EUA: Departamento de Justiça quer defender Trump em processo de difamação

Presidente dos EUA, Donald Trump, concede entrevista antes de embarcar em viagem para a Flórida - JONATHAN ERNST
Presidente dos EUA, Donald Trump, concede entrevista antes de embarcar em viagem para a Flórida Imagem: JONATHAN ERNST

Do UOL, em São Paulo

09/09/2020 10h13

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos quer representar o presidente Donald Trump em um processo que ele é acusado de difamação.

Atualmente, o processo está sendo conduzido pelos advogados pessoais de Trump, mas o Departamento de Justiça já está atuando para a troca.

Esse processo diz respeito à acusação da escritora E. Jean Carroll, que diz ter sido assediada sexualmente por Trump em uma loja de departamentos em Nova York na década de 1990.

Trump negou essa acusação dizendo que a colunista "não era o tipo dele". A partir daí, E. Jean Carroll decidiu processá-lo também por difamação.

Os críticos do presidente afirmam que ele está usando a máquina pública para se defender de acusações pessoais.

A justificativa do Departamento de Justiça é que Trump já era presidente quando fez a afirmação que gerou o processo de difamação.

"O presidente Trump estava agindo dentro do escopo de seu cargo como presidente dos Estados Unidos na época dos incidentes dos quais surgiu a reclamação de difamação do demandante", diz uma nota divulgada pelos advogados de Trump.

Internacional