PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Manifestantes protestam contra projeto de túnel próximo a Stonehenge

A construção de Stonehenge começou provavelmente por volta do ano 3.000 a.C.  - BBC
A construção de Stonehenge começou provavelmente por volta do ano 3.000 a.C. Imagem: BBC

Do UOL, em São Paulo

05/12/2020 17h14

Mais de cem manifestantes protestaram neste sábado (05) contra o projeto de construção de um túnel de três quilômetros passando pela área do sítio arqueológico de Stonehenge, na Inglaterra, segundo o jornal britânico Guardian. O objetivo da construção, aprovada em novembro, é aliviar o trânsito perto de Stonehenge, uma das principais atrações turísticas do país.

Localizado a cerca de 140 km de Londres, Stonehenge faz parte do Patrimônio Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Consiste em vários conjuntos circulares de pedras enormes, com cerca de 5.000 anos. Anualmente, 1,6 milhão de turistas visita o local. Por causa do protesto, a visitação foi interrompida neste sábado.

De acordo com o Guardian, os manifestantes cantaram, tocaram tambores e fizeram discursos. Embora o túnel não passe diretamente por baixo dos monumentos de Stonehenge, os críticos do projeto dizem que suas entradas serão construídas dentro do sítio arqueológico, e a escavação poderá causar danos às áreas pré-históricas.

Os manifestantes se declararam contrários à construção de mais estradas. "Essa é uma reunião de pessoas que estão dizendo que já basta. O transporte por estradas é a maior fonte de emissões de carbono no Reino Unido. Isso é loucura. Construir mais estradas apenas vai gerar mais trânsito e carbono", declarou o ativista Dan Hooper para o jornal britânico.

"Stonehenge é um local venerado por antepassados nossos, de uma época em que se cultuava a natureza. E agora [Stonehenge] está despertando o espírito do povo para protestar, nos chamando a agir em defesa de nosso planeta", disse Indra Donfrancesco, uma das manifestantes, para o Guardian.

Internacional