PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Homem acusa entregador de cancelar pedido e comer lanche; empresa nega

O irmão da mulher que fez o pedido publicou imagens do suposto entregador no Twitter - Reprodução/Twiter/@cjbarton2290
O irmão da mulher que fez o pedido publicou imagens do suposto entregador no Twitter Imagem: Reprodução/Twiter/@cjbarton2290

Do UOL, em São Paulo

15/01/2021 14h26

O irmão de uma cliente acusou um entregador de estar comendo o pedido da irmã na frente da casa deles depois que o profissional teria cancelado a compra realizada no McDonald's do Reino Unido. A empresa disse que a gravação feita pelo irmão da mulher não traz nenhuma evidência clara de que o homem que supostamente come o lanche é um dos funcionários da marca, mas informou que investiga o caso.

A cena com a suposta ação foi compartilhada pelo irmão da mulher que fez o pedido e mostra o entregador sentado do lado de fora da casa. Apesar de o cliente afirmar que o homem está comendo o lanche, na filmagem não dá para ver com clareza se o profissional está consumindo o alimento.

O tuíte com a reclamação do irmão da cliente foi publicado no dia 13 de janeiro marcando a empresa Just Eat UK, serviço de entrega e pedido de comida online.

"@JustEatUK, minha irmã pediu @McDonaldsUK em seu site ontem no Kentish Town McDonald's e o motorista cancelou o pedido sentou-se do lado de fora da casa dela e comeu a comida", escreveu ele.

Apesar do relato, um porta-voz da Just Eat explicou ao site Daily Star que a empresa contrata os entregadores de empresas terceirizadas, agências de empregos e autônomos, e alertou que a filmagem não traz nenhuma evidência clara de que o homem que supostamente come o lanche é um dos funcionários da marca.

"Na Just Eat estamos comprometidos em fornecer uma experiência positiva para todos os nossos clientes. Quando tomamos conhecimento de qualquer prática que esteja abaixo dos altos padrões que esperamos, sempre tomaremos medidas para resolver isso. Como tal, ficamos preocupados ao ouvir sobre este incidente. Estamos investigando, tomaremos as medidas cabíveis e também estamos em contato com o cliente", disse o porta-voz.

O site ainda tentou entrar em contato com o McDonald's para saber um posicionamento sobre o caso, mas não teve retorno.

Internacional