PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Chef é presa no Egito por fazer bolos com decoração de pênis

Chef de cozinha foi presa por fazer cupcakes com decoração de pênis - Divulgação/Twitter
Chef de cozinha foi presa por fazer cupcakes com decoração de pênis Imagem: Divulgação/Twitter

Colaboração para o UOL, em São Paulo

20/01/2021 18h59

Uma chef de cozinha do Egito foi presa depois que fotos de cupcakes com enfeites de pênis para uma festa de aniversário foram publicadas na internet.

O Al Ahram, jornal local, relatou a prisão e descreveu os pequenos bolos como "indecentes e imorais". O ministro da Juventude e Esportes do país disse que seu departamento vai investigar o incidente para punir os infratores.

Segundo a chef, algumas mulheres a procuraram e pediram os bolos com as decorações que causaram a prisão. "Vieram à minha loja e me entregaram fotos de órgãos genitais e me pediram bolos nessas formas", contou.

Uma advogada especializada em direitos humanos condenou a prisão e defendeu as pessoas envolvidas na festa. "Um grupo da sociedade, com o apoio do Estado, quer eliminar qualquer espaço para as liberdades pessoais no Egito sob o pretexto de preservar os valores da família egípcia", disse Negad Al Borai.

O Egito tem leis rígidas sobre moralidade. No ano passado, uma dançarina foi condenada a três anos de prisão por incitar a libertinagem, contou o Al Ahram.

Internacional