Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Americana é expulsa de parque nos EUA por causa do tamanho dos shorts

Americana é expulsa de parque por usar bermuda 'muito curta' Imagem: Reprodução/Tiktok

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/05/2021 13h02Atualizada em 12/05/2021 13h48

Uma americana, sua filha de 11 anos e o namorado passavam a tarde do dia 30 de abril no parque temático Six Flags, em Oklahoma (EUA), quando foi abordada por uma guarda por usar bermuda "curta demais". Contrariada após ser expulsa do local, a jovem publicou uma reclamação nas redes sociais.

Segundo relato no Facebook, Bailey Breedlove diz que, primeiro, os guardas repreenderam a sua filha por mau comportamento. Em seguida, a autoridade da atração se dirigiu à mãe da menina e a questionou sobre sua peça de roupa. Breedlove usava uma bermuda jeans, tênis e uma camiseta amarela de manga curta.

As imagens mostram a jovem perguntando qual era o problema de usar a roupa curta em uma dia de calor. Mas, rodeada por policiais, acabou sendo convidada a se retirar do parque se não comprasse uma nova vestimenta.

Ela começou a me seguir, agarrou meu ombro para me virar e começou a me dizer que minha bermuda era "muito curta". Não cometi nenhum crime e comecei a andar até o meu namorado porque sou autista e tenho dificuldade em falar com os policiais. Ela me seguiu gritando e pedindo reforços.

"Ameaçada de invasão criminosa, concordei em comprar uma bermuda nova para que minha família pudesse aproveitar as férias. Fui então escoltada em direção à entrada. Aceitando isso, estávamos prestes a sair e fomos impedidos por uma policial feminina. Ela puxou as algemas e exigiu minha identidade. Quando perguntamos a causa provável, sua resposta foi 'porque sou a polícia'", escreveu Breedlove no Facebook.

O código de vestimenta presente no site do parque diz que "não são permitidas roupas consideradas ofensivas", a fim de "manter a atmosfera familiar do parque e garantir a segurança dos convidados".

Além de ser expulsa, a jovem está proibida de retornar ao parque pelos próximos cinco anos, mas disse que irá procurar um advogado. "O departamento de polícia de Oklahoma foi contatado, bem como um advogado. Não voltarei a nenhum de seus parques se é assim que vocês tratam as mulheres, cidadãos e visitantes cumpridores da lei. Não vou deixar isso passar porque estamos em 2021", desabafou.

Por sua vez, em um comunicado enviado ao jornal McClatchy News, o parque Six Flags disse que Breedlove utilizou-se de uma linguagem ofensiva não vista no vídeo do TikTok, quando foi abordada em um primeiro momento com a justificativa de que os shorts dela "expuseram uma parte exagerada das nádegas".

Ao jornal eles também informaram que Breedlove teve "várias oportunidades de mudar ou encobrir-se, mas recusou [fazer isso]". O parque então decidiu removê-la porque a mesma "se recusou a impedir seu comportamento indisciplinado e ofensivo", ou seja, foi expulsa por má conduta e não necessariamente pela roupa curta.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Americana é expulsa de parque nos EUA por causa do tamanho dos shorts - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

Internacional