PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
2 meses

Indiano gasta R$ 1,1 milhão e constrói 'mini-Taj Mahal' como prova de amor

Réplica do Taj Mahal está em Burhanpur - Uma Shankar MISHRA / AFP
Réplica do Taj Mahal está em Burhanpur Imagem: Uma Shankar MISHRA / AFP

Do UOL*, em São Paulo

26/11/2021 14h06Atualizada em 27/11/2021 09h30

Um indiano construiu uma réplica do Taj Mahal, símbolo universal do amor eterno, em Burhanpur, no centro do país, como prova de amor por sua mulher. Anand Prakash Chouksey, que é educador e também possui um hospital e uma escola, construiu o edifício de cerca de 18 metros perto das instalações da escola e deu-a de presente para sua mulher Manjusha Chouksey, segundo informou o The New Indian Express.

A reprodução foi fruto de três anos de trabalho, 16 anos a menos que o mausoléu que a inspirou. Segundo o marido, essa fantasia sentimental custou mais de 15 milhões de rupias (R$ 1,1 milhão).

"A casa que lembra o Taj Mahal é apenas 1/3 do mundialmente famoso monumento histórico de Agra, visitado por mim e minha mulher três anos atrás quando estávamos em busca de inspiração antes de começar [a construção] desta casa", contou ele à publicação.

Estudamos a arquitetura de perto e pedimos aos engenheiros que anotassem os detalhes estruturais. Após o trabalho de dois anos e meio por equipes de artesãos de Burhanpur e de outros lugares, a casa parecida com o Taj Mahal está finalmente pronta e se tornou uma grande atração para turistas de baixo orçamento que não podem pagar uma viagem para Agra, como também para jovens casais em busca do lugar ideal para as fotos pré-casamento.

O prédio havia sido planejado originalmente para ter cerca de 25 metros de altura, mas não teve permissão concedida pelas autoridades locais. O aval cedido foi para uma construção de aproximadamente 18 metros, com um grande salão, quatro quartos, uma cozinha espaçosa e um salão dedicado à Dhyan (meditação).

"Minha mulher só pediu uma sala de meditação. É uma mulher piedosa", explica ele. "Segundo ela, a cúpula possui uma atmosfera diferente e muita energia positiva."

O prédio foi construído com mármore de Makrana, o mesmo material em que o Taj Mahal foi projetado, segundo explicou Chouskey à AFP. Ele também planeja erguer a bandeira indiana no topo da cúpula principal e diz que não estará totalmente satisfeito até que faça os símbolos das religiões mais populares da Índia aparecerem nos minaretes erguidos nas quatro pontas de seu palácio.

O edifício está localizado a 800 quilômetros da obra-prima arquitetônica original da arte indo-islâmica, principal atração turística do país, construída em Agra, no século 17 por iniciativa do imperador mogol Shah Jahan, para eternizar a memória de Mumtaz, sua mulher favorita, que havia morrido.

Ele está localizado às margens do rio Yamuna, como "uma lágrima pura e solitária (...) no rosto do tempo", segundo os versos do Nobel indiano da literatura Rabindranath Tagore (em tradução livre), dedicados ao monumento, um verdadeiro poema de amor ao mármore.

*Com informações da AFP

Internacional