PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
5 meses

Múmia de até 1.200 anos é encontrada por arqueólogos no Peru

Uma múmia com idade estimada entre 800 e 1.200 anos foi encontrada por arqueólogos da Universidade Nacional de San Marcos - Luis Yupanqui/Facebook Revista Rumbos
Uma múmia com idade estimada entre 800 e 1.200 anos foi encontrada por arqueólogos da Universidade Nacional de San Marcos Imagem: Luis Yupanqui/Facebook Revista Rumbos

Do UOL, em São Paulo

28/11/2021 18h39

Uma múmia com idade estimada entre 800 e 1.200 anos foi encontrada por arqueólogos da Universidade Nacional de San Marcos no subsolo de um sítio arqueológico de Cajamarquilla, no Peru, cidade distante cerca de 25 km da capital, Lima.

Pelo cálculo dos pesquisadores, segundo a CNN, a múmia pode ter vivido em uma era anterior ao século XV, quando surgiu o Império Inca, uma das principais civilizações da América.

O esqueleto localizado aparece amarrado com cordas e com as duas mãos cobrindo o rosto. À CNN, os pesquisadores afirmam que essa posição é comum em rituais de velórios da região sul peruana.

Ao lado do corpo, os arqueólogos localizaram o que seriam oferendas ao falecido. Os pesquisadores apostam que a pessoa tinha, na época em que viveu, alguma relevância social.

Em entrevista à rede de comunicação, Pieter Van Dalen Luna, um dos arqueólogos responsáveis pela localização da múmia, disse que o esqueleto deve ser de um homem entre 25 e 30 anos.

No entanto, só uma pesquisa mais aprofundada de Luna e a equipe de 40 pesquisadores, que escavam o local desde outubro, revelará a idade estimada da múmia.

Internacional