PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

EUA: Tiroteios são registrados em três cerimônias de graduação em 24 h

Pelo menos uma pessoa morreu após tiroteios em formaturas nos Estados Unidos - iStock
Pelo menos uma pessoa morreu após tiroteios em formaturas nos Estados Unidos Imagem: iStock

Do UOL, em São Paulo

20/05/2022 20h33Atualizada em 20/05/2022 21h40

Três cerimônias de graduação escolar terminaram com tiroteios que deixaram pelo menos uma pessoa morta e sete feridas em menos de 24 horas nos Estados Unidos. Os casos foram registrados na Louisiana, Michigan e no Tennessee.

Segundo o canal norte-americano NBC News, o primeiro crime foi registrado na noite da quarta-feira (18) na Middle Tennessee State University, que recebia uma cerimônia de formatura de alunos do Riverdale High School.

Na ocasião, no fim da formatura, um jovem de 18 anos e outro de 17 começaram a brigar. Uma terceira pessoa, também de 17 anos, abriu fogo contra os dois, matando o mais velho e ferindo o mais jovem.

O atirador, que não teve identidade revelada, foi preso. Não há informações sobre o estado de saúde do jovem baleado.

O segundo crime foi registrado às 19h20 de ontem na East Kentwood High School, em Michigan, durante uma cerimônia de graduação de alunos de uma "Alternative High School" da região. As escolas "alternativas" costumam abrigar alunos que não tiveram experiências bem-sucedidas nas escolas "comuns" de ensino médio.

Na ocasião, ocupantes de dois veículos teriam trocado tiros após uma discussão. Duas pessoas ficaram feridas: uma mulher de 40 anos, que está internada em estado crítico, e um adolescente de 16, que está em condição estável de saúde.

Menos de uma hora depois, às 20h15, outro tiroteio foi registrado na Hammond High School, Louisiana, no momento em que os alunos deixavam a cerimônia de graduação para se encontrar com familiares.

As circunstâncias do tiroteio não foram reveladas pela polícia até o momento. Todas as pessoas feridas, assim como o suspeito de abrir fogo, são adultas e nenhum estudante se machucou.

Internacional