PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Brasileiro é encontrado morto em Portugal com abraçadeira no pescoço

Douglas Gonçalves tinha 36 anos e era de Minas Gerais - Reprodução
Douglas Gonçalves tinha 36 anos e era de Minas Gerais Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

21/05/2022 08h31Atualizada em 21/05/2022 13h15

O mineiro Douglas Gonçalves de Almeida, de 36 anos, foi encontrado morto em Portugal, uma semana após ter desaparecido. O corpo dele estava em uma área de floresta à beira de uma estrada próxima do Cabo da Roca, em Sintra. Ele morava na região.

De acordo com o jornal Correio da Manhã, não havia sinais de violência, mas várias abraçadeiras de plástico estavam amarradas em volta do pescoço dele. A polícia investiga o caso, mas a esposa dele disse descartar a possibilidade de suicídio.

Uma abraçadeira é um item que pode ser feito de plástico ou metal, usado para apertar objetos.

Ainda segundo o Correio, Douglas teria avisado a esposa que estava indo às compras no último dia 9. Como ele não voltou, ela entrou em contato com as irmãs dele.

Na versão delas, diz o jornal, o brasileiro mantinha um relacionamento paralelo com outra mulher, que estava grávida e para quem ligou para perguntar do que precisava. Ela estaria se preparando para dar à luz. Douglas não chegou a encontrá-la.

A família do brasileiro organiza uma vaquinha na internet para trazer o corpo de Douglas para o Belo Horizonte. "Com fé em Deus, vamos conseguir fazer uma despedida digna ao meu irmão junto da família e amigos", escreveu a irmã dele, Daniela.

Internacional