PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Mulher descobre que 'barriga de gravidez' era cisto de 27 cm no ovário

A britânica Hollie Welham, 21 anos, achava que estava grávida, mas descobriu que a barriga crescia por causa de um tumor no ovário direito - Reprodução/Tik Tok
A britânica Hollie Welham, 21 anos, achava que estava grávida, mas descobriu que a barriga crescia por causa de um tumor no ovário direito Imagem: Reprodução/Tik Tok

Do UOL, em São Paulo

25/06/2022 17h09Atualizada em 27/06/2022 13h34

No quarto teste de gravidez com resultado negativo, a britânica Hollie Welham, 21 anos, percebeu que havia algo de errado com o seu corpo. Como sua barriga crescia e ela sentia enjoos e cólicas, procurou um médico. Foi quando descobriu um cisto "gigante" no ovário direito.

Em maio deste ano, Hollie precisou fazer uma cirurgia para remover o cisto, o ovário e a Trompa de Falópio do lado direito.

Por meio de uma série de vídeos no Tik Tok, ela narra sua saga, que teve início em janeiro deste ano. Um dos vídeos acumula mais de 16 milhões de visualizações na rede social.

"Eu me sentia extremamente cansada", conta.

Após perceber outros sintomas, incluindo ganho de peso, fez testes de gravidez e procurou um médico. No hospital, diz, todos achavam que ela estava à espera de um bebê, mas o resultado de seu ultrassom apontou outra coisa: um cisto de 18 cm no ovário direito.

Enquanto aguardava os resultados de outros exames, Hollie disse se sentir cada vez mais fraca. "Eu não conseguia dormir, a dor era lancinante e eu tinha cólicas fortíssimas."

@holliewelham Owen the ovarian cysts eviction Will be uploading a video answering peoples questions in the next few days #ovariancysts #ovariancystawareness #ovariancystsurgery #owentheovariancyst #fyp #foryou #foryoupage ? As It Was - Harry Styles

No dia em que a cirurgia foi feita, o cisto já havia atingido 27 cm, uma largura maior do que a de uma bola de futebol. A barriga de Hollie crescia devido ao acúmulo de líquido decorrente do cisto.

O ovário havia sido "destruído", nas palavras de Hollie, o que levou os cirurgiões a terem de retirá-lo também. O procedimento durou mais de duas horas.

"Eles disseram que isso não afetaria a minha fertilidade: 'Você ainda pode ter filhos com apenas um ovário, mas o processo pode demorar um pouco mais'".

O alívio, conta, veio assim que retornou do centro cirúrgico, após semanas sem conseguir descansar direito. "Acordei depois do melhor sono da minha vida, me senti muito descansada".

No Tik Tok, ela utiliza a própria história para alertar outras pessoas a procurarem médicos caso observem qualquer mudança no organismo.

"Acredite no seu corpo", finaliza.

Internacional