PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Orcas estão comendo tubarões-brancos na África do Sul e preocupam biólogos

Pesquisadores especulam que número de tubarões brancos mortos por orcas seja maior do que oito - Divulgação/Dyer Island Conservation Trust
Pesquisadores especulam que número de tubarões brancos mortos por orcas seja maior do que oito Imagem: Divulgação/Dyer Island Conservation Trust

Do UOL, em São Paulo

02/07/2022 04h00

Duas orcas estão comendo tubarões brancos na costa da África do Sul, segundo o site norte-americano Gizmodo. Chamadas de Port e Starboard, elas são apontadas como as causadoras da morte de oito grandes tubarões-brancos desde 2017. Algumas carcaças apareceram destroçadas em praias do país.

As feridas apresentadas pelos tubarões e os registros das orcas no mesmo mar indicaram à equipe de pesquisadores que as orcas foram as responsáveis. Segundo resultados publicados no African Journal of Marine Science, pode haver mais tubarões mortos.

Alison Towner, bióloga marinha do Dyer Island Conservation Trust, afirmou que as orcas são caçadoras altamente especializadas. Esses animais podem chegar a 9 metros de comprimento, pesar mais de 7 toneladas e comem uma variedade de animais marinhos, como focas, golfinhos, tubarões e lulas.

Os tubarões-brancos não ficam para trás e são oponentes fortes, tendo 6 metros de comprimento e centenas de dentes serrilhados pontiagudos. Mesmo assim, estão sendo caçados pelas orcas.

A equipe de Towner verificou que esses tubarões pararam de frequentar regiões da costa onde as orcas estavam caçando. "Quanto mais as orcas frequentam esses locais, mais tempo os grandes tubarões-brancos ficam longe".

Por causa disso, as orcas estão alterando a cadeia alimentar: com os tubarões-brancos deixando a área, o tubarão-baleia de bronze, conhecido por ser comido por grandes tubarões-brancos, está aparecendo por lá.

As orcas também comem animais dessa espécie. As presas dos tubarões-brancos também estão voltando à área em maior volume, como as focas, que agora estão comendo os pinguins africanos.

Towner explicou que isso causa um efeito dominó. "Para simplificar, embora esta seja uma hipótese por enquanto, há uma certa pressão que um ecossistema pode suportar, e os impactos da remoção de tubarões pelas orcas provavelmente têm um impacto grande para o ecossistema".

Internacional