PUBLICIDADE
Topo

Coreia do Norte tem planos para turistas, mas de onde eles virão, ninguém sabe

07/07/2018 04h01

A Coreia do Norte está construindo um resort imenso numa antiga área de testes de mísseis para atrair milhões de turistas. De onde eles virão, no entanto, ninguém sabe.

O local é o litoral de Wonsan, na costa leste do país, a cerca de duas horas e meia de Pyongyang. Wonsan tem imensas praias e tempo bom.

Mas não só por isso que a cidade é conhecida. Ali se localiza uma base aérea do regime norte-coreano, e o local foi palco de testes de mísseis durante anos, até 2017.

Ainda assim, o ex-magnata imobiliário Donald Trump não deixou de notar o potencial do litoral norte-coreano:

Eles explodindo os canhões no mar, e eu de olho na vista. Daria um condomínio fantástico",

Donald Trump

"E expliquei que, em vez de fazer aquilo, eles poderiam ter os melhores hotéis", completou o presidente norte-americano.

Em seu encontro com Kim Jong-un, em 12 de junho deste ano, Trump apresentou ao líder norte-coreano um vídeo promocional, no qual são destacados os potenciais da Coreia do Norte, que podem se concretizar caso o país deixe seu programa nuclear de lado e aceite ajuda financeira dos Estados Unidos.

Kim, no entanto, já está de olho no potencial do território que governa. Grandes condomínios estão sendo construídos no litoral de Wonsan desde o início do ano, mostram imagens de satélites e outras fotos.

As construções têm por objetivo atrair até 1 milhão de turistas por ano, de acordo com Pyongyang. A questão agora é de onde virão esses turistas, considerando que a Coreia do Norte é assolada pela pobreza.