Topo

Inpe recupera dados climáticos da Antártica feitos por estação de pesquisas brasileira

Torre metereológica do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), que fica na base da Antártida - Divulgação
Torre metereológica do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), que fica na base da Antártida Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

12/11/2012 13h22

O Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) informou que conseguiu recuperar os dados climáticos da Antártida produzidos pelos pesquisadores da Estação Antártica Comandante Ferraz, que foi destruída por um incêndio em 25 de fevereiro.

O centro meteorológico que captava esses dados não foi afetado pelo fogo, pois não ficava no prédio principal da base, mas deixou de funcionar por falta de energia elétrica na época. Para manter a série histórica dos dados de meteorologia, cujas medidas têm sido tomadas desde o verão de 1984-1985, o Inpe instalou painéis solares e baterias na base.

A equipe fez o resgate dessas informações no último dia 5, mais de oito meses depois do desastre, a bordo de um navio da Marinha brasileira – a base, que fica na Ilha do Rei George, no Arquipélago das Shetland do Sul, é de difícil acesso, já que o mar congela durante o inverno.

Antes do incêndio, as informações eram enviadas em tempo real para os pesquisadores no instituto.  Hoje, porém, não há energia suficiente para a transmissão on-line e os dados precisam ser descarregados diretamente do prédio.

A capacidade de armazenamento da estação meteorológica é limitada, sendo importante o retorno ao local para impedir que os dados gravados a partir de abril, quando foram instaladas essas novas baterias, sejam apagados para dar espaço às novas informações do monitoramento diário.

Meio Ambiente