Topo

Gafanhotos aumentam volume do 'canto' para competir com o barulho do tráfego

Em Paris

14/11/2012 12h38

Célebres por seu "canto", os gafanhotos ajustam o volume de sua melodia diante do barulho do trânsito, revela um estudo publicado nesta quarta-feira (14) na revista Functional Ecology, da Sociedade Britânica de Ecologia. 

Uma equipe de biólogos da Universidade de Bielefeld, na Alemanha, capturou 188 exemplares dos machos de gafanhotos Chorthippus biguttulus, que têm um canto metálico característico. Metade foi capturada em locais tranquilos e a outra, em zonas próximas a estradas com muito movimento.

Os cientistas analisaram em laboratório as diferenças entre os "cantos" dos dois grupos de gafanhotos, incitados pela presença de fêmeas, e concluíram que os insetos capturados próximos as estradas produzem sons diferentes dos demais. O "canto" destes gafanhotos, que na realidade produzem o som ao esfregar as patas posteriores nas asas dianteiras, tem a função de atrair as fêmeas. 

"Constatamos que em ambientes ruidosos, os gafanhotos aumentam o volume da parte de baixa frequência de seu 'canto', algo lógico já que o ruído do tráfego pode ocultar sinais nesta parte do espectro sonoro", explicou Lampe.

Pesquisas anteriores já haviam identificado o impacto de um ambiente ruidoso nos sons emitidos por pássaros, baleias e até rãs, mas esta é a primeira vez que o fenômeno é observado entre insetos, destaca a sociedade.

Segundo os cientistas, estes resultados são importantes porque o ruído do tráfego pode transtornar o sistema de reprodução dos gafanhotos, "impedindo que as fêmeas ouçam corretamente os 'cantos' nupciais dos machos".

Meio Ambiente