Topo

Frio intenso se espalha pelo Sul e faz nevar nos três Estados; estradas são fechadas

Lucas Azevedo

Do UOL, em Urupema (SC)

23/07/2013 08h27

A terça-feira (23) amanheceu gelada em todo o Sul do Brasil, como há muito tempo não se registrava. Neve, chuva, vento forte e temperaturas negativas estão sendo registrados nos três Estados, do sul gaúcho ao norte paranaense.

VOCÊ MANDA PARA O UOL

  • Rodrigo Philipps/Agência RBS

    Envie fotos do frio e da neve na sua cidade

Ao longo da manhã se contabilizarão os acúmulos de neve da madrugada, especialmente no planalto norte de Senta Catarina e no Paraná.

Conforme a empresa de meteorologia MetSul, o esperado para os dois Estados são as maiores precipitações dos últimos cinquenta anos.

Em SC, segundo dados do Climaterra meteorologia, esta terça, em termos de frio e chuva, já é o dia mais frio em Florianópolis desde 1911. Em Urupema, na serra do sul catarinense, no início da manhã fazia -4ºC.

No Paraná, às 6h50, a capital Curitiba registrava 2ºC, com sensação térmica de -3ºC. Ainda não havia nevado sobre a cidade, mas segundo os meteorologistas é questão de tempo.

Para o Instituto Tecnológico Simepar, o resfriamento está ingressando no Paraná ao longo do dia, o que deve fazer com que os registros até a meia noite de hoje sejam os mais baixos do ano.

No início da manhã, nove cidades haviam relatado queda de neve. A menor temperatura foi registrada no Estado foi em Guarapuava: - 1,4ºC. Na cidade, o acúmulo de neve provocou a queda do telhado de uma loja de departamento, segundo a "Folha de S.Paulo".

Por volta das 7h, as capitais gaúcha e catarinense marcavam, respectivamente, 3,7ºC e 6ºC. Até o fechamento dessa matéria, às 7h20, a mínima da madrugada no RS não havia sido apurada.

Estradas fechadas

A atenção redobrada fica por conta da população carente que enfrenta o frio e as estradas das serras, que começaram a ser fechadas devido ao gelo já na noite dessa segunda-feira.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) foi obrigada a bloquear as BRs 116 e 282, nos trechos catarinenses, devido ao congelamento das pistas.

Estradas estaduais também tiveram o fluxo interrompido, como foi o caso da SC-280, entre os municípios catarinenses de Canoinhas e Porto União, e da SC-350, entre Lebon Régis e Santa Cecília, no centro e norte do Estado.

São Paulo tem madrugada mais fria do ano

A massa de ar polar que derrubou as temperaturas no Sul também atingiu São Paulo. A cidade teve a madrugada mais gelada do ano nesta terça-feira, com os termômetros na casa dos 9ºC. Antes disso o dia, a temperatura mais baixa do ano foi de 10,3ºC no dia 9 de maio.

Meio Ambiente