São Paulo tem o março mais seco em 8 anos

Do UOL, em São Paulo

  • Sérgio Castro/Estadão Conteúdo

    Viaduto Doutor Plínio de Queiroz, em São Paulo

    Viaduto Doutor Plínio de Queiroz, em São Paulo

A cidade de São Paulo teve o março mais seco em oito anos, divulgou nesta sexta-feira (31) o INMET (Instituto Nacional de Meteorologia). 

O mês conhecido por suas chuvas eternizadas na canção "Águas de Março", de Tom Jobim, registrou apenas 160,3 mm, segundo a estação do Mirante de Santana, na zona norte da capital. O volume ficou 15% abaixo da média histórica de 188,8 mm.

Foram apenas 12 dias com registro de precipitação e a média é de 15 dias. O maior volume de chuva em 24 horas foi registrado no dia 7 (43,6 mm).

Desde 2009, quando foram registrados 125,7 mm, não chovia tão pouco na capital para um mês de março.

Temperaturas

A maior temperatura do mês foi de 31,5°C no dia 12. A média histórica diária das máximas para março é de 27,3°C e neste ano ela foi exatamente igual, configurando um mês sem anomalias desse parâmetro.

Precipitação em março nos últimos 9 anos:

  • 2017: 160,3 mm
  • 2016: 256,6 mm
  • 2015: 332,7 mm
  • 2014: 226,9 mm
  • 2013: 174,5 mm
  • 2012: 187,6 mm
  • 2011: 164,0 mm 
  • 2010: 184,5 mm
  • 2009: 125,7 mm

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos