Topo

Mais de 60 tartarugas em perigo de extinção somem de zoológico no Japão

A administração teme que as tartarugas tenham sido roubadas para serem vendidas como animais de estimação - AFP
A administração teme que as tartarugas tenham sido roubadas para serem vendidas como animais de estimação Imagem: AFP

Da AFP, em Tóquio

07/11/2019 13h03

Mais de 60 tartarugas de espécies ameaçadas de extinção desapareceram de um zoológico na ilha subtropical japonesa de Okinawa, informaram hoje oficiais da instalação.

"Nós as alimentamos duas vezes por semana, e um dos responsáveis observou que seu número havia diminuído significativamente", disse à AFP Kozue Ohgimi, chefe da seção de zoológicos e museus de Okinawa no sul do Japão.

A administração do zoológico teme que as tartarugas tenham sido roubadas para serem vendidas como animais de estimação no mercado negro.

"Elas são negociadas a preços altos", disse Ohgimi.

As tartarugas são pequenas, não têm mais de 20 centímetros de comprimento. No total, 64 tartarugas, 15 da espécie Ryukyu e 49 Cuora Flavomarginata desapareceram.

Ambas as espécies estão na lista vermelha de espécies ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza e também foram designadas "tesouros nacionais" pela Agência Japonesa de Assuntos Culturais, que proíbe seu comércio.

Meio Ambiente