PUBLICIDADE
Topo

Oeste do Canadá vive onda de frio extremo, e sensação térmica chega a -50ºC

15/01/2020 14h13

Toronto (Canadá), 14 jan (EFE).- O oeste do Canadá enfrenta nesta quarta-feira uma intensa onda de frio, com sensação térmica que chega a -50 graus Celsius, o que fez as companhias de energia divulgarem alertas sobre o consumo elevado na região.

Nas três províncias do oeste do país - Columbia Britânica, Alberta e Saskatchewan -, os termômetros registraram temperaturas de 30 graus Celsius abaixo de zero. A situação piora devido aos fortes ventos que acompanham o frio, jogando a sensação termina para -50ºC.

Meteorologistas disseram que a onda de frio foi provocada por uma massa de ar polar vinda da Sibéria. Ela deve seguir na região até o fim de semana, quando os termômetros voltarão a registrar temperaturas mais próximas a 0ºC nas três províncias.

O Serviço Meteorológico do Canadá alertou hoje que quase um terço do país está sob alerta de condições adversas pelas baixas temperaturas.

Em Alberta, a companhia que opera o sistema elétrico informou que o alto consumo para amenizar o frio congelante a obrigou a usar as reservas enérgicas para manter o abastecimento.

Para não provocar interrupções no serviço, a empresa pediu aos clientes corporativos que reduzissem o consumo de eletricidade na noite de ontem.

Em Edmonton, o frio provocou problemas no sistema de trens da cidade, causando atrasos no transporte público nas primeiras horas do dia. À noite, os termômetros na cidade marcaram -34ºC, um recorde para essa época do ano.

Nos últimos dias, 11 pessoas foram hospitalizadas em Edmonton por congelamentos em suas extremidades.

Meio Ambiente