PUBLICIDADE
Topo

Meio Ambiente

Elefanta deixa zoológico no interior de SP e vai para santuário no MT

Elefanta Bambi estava em RIbeirão Preto (SP) desde 2014 - EPTV/Reprodução
Elefanta Bambi estava em RIbeirão Preto (SP) desde 2014 Imagem: EPTV/Reprodução

Do UOL, em São Paulo

24/09/2020 21h18

A elefanta Bambi enfim deixou a cidade de Ribeirão Preto na tarde de hoje, com destino a seu novo lar: o Santuário de Elefantes do Brasil, na Chapada dos Guimarães (MT), a 1.270 km de distância.

O animal chegou à cidade paulista em 2014, mas uma ação civil pública acusou negligência e maus tratos no zoológico local. A 1ª Vara da Fazenda Pública negou a transferência em primeira instância, mas o Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal recorreu e conseguiu decisão favorável no começo da semana.

Inicialmente, a mudança de Bambi aconteceria anteontem, mas a elefanta indiana não se mostrou confortável ao compartimento no qual seria transportada. A estrutura é ventilada, protegida por um teto e tem um piso especial para o escoamento de resíduos. Um veterinário vai monitorar a viagem

Segundo Alexandre Gouvêa, diretor do zoológico de Ribeirão, a mudança só aconteceu hoje porque Bambi superou a insegurança e se adaptou ao compartimento de viagem.

"Foram feitas diversas tentativas pela manhã. Ela foi entrando e saindo, melhorando a resistência que ela tinha da caixa em relação a ontem", disse, segundo declarações veiculadas pela EPTV, afiliada local da Rede Globo.

A previsão é que a elefanta chegue à Chapada dos Guimarães após uma viagem de 35 horas. No entanto, segundo o biólogo Daniel Moura, do Santuário de Elefantes, a duração pode variar.

"A gente não tem um número definido de paradas, porque quem dita o ritmo da viagem é a propria Bambi", explicou.

Meio Ambiente