Exclusivo para assinantes UOL

Rússia diz ter matado o líder separatista Khatab

David Filipov
The Boston Globe
Em Moscou

A Rússia anunciou na quinta-feira (25) que as suas forças especiais mataram um dos homens mais procurados do país, um comandante da guerrilha tchetchena de etnia árabe, que o Kremlim suspeita que possua laços com a rede Al Qaeda.

O Serviço Federal de Segurança da Rússia disse que logo vai fornecer provas documentando a morte do líder guerrilheiro conhecido como Khatab. Este homem é um mercenário islâmico que Moscou afirma ter recebido milhões de dólares de Osama bin Laden para financiar e treinar separatistas muçulmanos na Tchetchênia e de ter realizado ataques contra os russos. Mas um porta-voz dos rebeldes nega que Khatab tenha sido eliminado.

UOL Cursos Online

Todos os cursos