A depressão e o vazamento de petróleo

Christine Stapleton

West Palm Beach (Flórida)

  • Joe Raedle/Getty Images/AFP

    A água em Orange Beach, no Alabama, ainda aparece cheia de petróleo

    A água em Orange Beach, no Alabama, ainda aparece cheia de petróleo

Os homens usam armas. Isso provavelmente explica por que os homens têm quatro vezes maior probabilidade de cometer suicídio que as mulheres - que usam pílulas com mais frequência em suas tentativas.

William Allen Kruse, 55 anos, usou uma pistola Glock quando se matou na semana passada. Kruse era um capitão de barco de pesca de aluguel em Gulf Shores, Alabama. Durante 20 anos ele transportou pescadores para capturar marlins e seríolas.
Então a plataforma de petróleo Deepwater Horizon explodiu e começou a cuspir milhões de galões de petróleo no golfo do México. Kruse, apelidado de Rookie por causa de seu barco, The Rookie, acabou indo trabalhar para a British Petroleum - companhia que arruinou seu negócio.


Kruse não tinha histórico de doença mental nem estava tomando medicamentos psicotrópicos, segundo reportagens da imprensa. Aparentemente, ninguém previu isso. Acontece muito quando os homens se matam. Ninguém prevê. Talvez seja porque não sabemos o que esperar. A depressão nos homens muitas vezes parece diferente da das mulheres.

Os sintomas de depressão nas mulheres parecem com o que esperamos que a depressão pareça: um estado de espírito triste, ansioso ou "vazio"; perda de interesse ou prazer nas atividades, incluindo o sexo; intranquilidade, irritabilidade, choro excessivo; sentimentos de culpa, inutilidade, impotência, desespero, pessimismo; dormir demais ou de menos; perda de apetite e/ou peso ou comer demais e ganhar peso; diminuição da energia, cansaço, sentir-se em "câmera lenta"; ideias de morte ou suicídio ou tentativas de suicídio.

Os homens têm maior probabilidade de recorrer ao álcool ou a drogas quando estão deprimidos, ou a tornar-se frustrados, desanimados, irritáveis, nervosos e às vezes agressivos. Alguns homens se atiram ao trabalho para evitar falar sobre sua depressão, ou se envolvem em comportamento inconsequente ou arriscado, segundo o Instituto Nacional de Saúde Mental.
Muitos dos homens que vão perder seus empregos, estilo de vida e identidade por causa do vazamento de petróleo são pescadores comerciais. São homens fortes que lidam com a adversidade todos os dias. A incerteza é um modo de vida. Atirar redes no oceano não tem garantias.

Quando um desses homens se mata - e o Exxon Valdez nos mostrou que alguns farão isso -, o estigma será tão culpado quanto a depressão. Nem todos podemos lavar pelicanos e colher bolas de piche. Mas podemos abrir nossas bocas e dizer algo sobre a depressão. Ela não precisa ser estridente ou visível. Apenas precisa ser escutada.

 

Tradutor: Luiz Roberto Mendes Gonçalves

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos