Exclusivo para assinantes UOL

Países se perguntam como a Alemanha evitou o desemprego em massa

Markus Dettmer, Frank Dohmen, Dietmar Hawranek, Janko Tietz

A Alemanha, segunda maior exportadora de bens do mundo depois da China, foi duramente atingida pelo colapso dos mercados globais. Mas o desemprego em massa que alguns temiam não se concretizou. Especialistas em trabalho de muitos países estão se perguntando como a Alemanha fez isso. Os negócios não estavam indo bem para a Schneider, uma companhia de médio porte no Estado de Rhineland-Palatinado no oeste da Alemanha, no começo do ano. Mas a companhia, que fabrica lentes e filtros para câmeras, não demitiu nenhum de seus empregados. Em vez disso, ela colocou 230 funcionários num programa de redução de horas de trabalho, incluindo Dirk Christian, supervisor técnico de montagem. Milhares de manifestantes pedem que o governo da chanceler Angela Merkel adote mais medidas contra o desemprego, durante um protesto em Berlim (Alemanha), em maio deste ano

UOL Cursos Online

Todos os cursos