Exclusivo para assinantes UOL

Profissionais do Holocausto: o Khmer Vermelho, os nazistas e a banalidade do mal

Erich Follath

Hannah Arendt usou a frase "a banalidade do mal" para descrever Adolf Eichmann, o burocrata nazista que conduziu milhões de pessoas à morte. As semelhanças marcantes entre Eichmann e "Duch", o oficial do Khmer Vermelho que está em julgamento, indicam que a propensão ao mal é realmente universal.

UOL Cursos Online

Todos os cursos