Exclusivo para assinantes UOL

"Os próprios chineses admitem que não estão prontos" para a liderança global, afirma especialista

Os Estados Unidos e a China se tornaram tão poderosos que as pessoas em todo o mundo falam com reverência em um “G-2”. Mas há fissuras na aliança, como explica Andrew Small da organização German Marshall Fund numa entrevista à “Spiegel Online”. A frustração está crescendo nos EUA em relação à falta de cooperação de Beijing nos assuntos econômicos.

UOL Cursos Online

Todos os cursos